segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Estaleiro Maramar Náutica e detalhes sobre o Praia 30

       Estaleiro Maramar Náutica:
       Empresa tradicional do ramo náutico, em atividade fabricando catamarans em fibra de vidro desde 1985 (há 28 anos), quando construiu o primeiro Praia 44 (bastante diferente do atual Praia 47, já bem atualizado e bastante moderno), dando início à uma série de projetos de alto desempenho, originais, com tecnologias e materiais modernos.

      Em 1987 lança o Praia 28 (há 26 anos), um projeto inovador, de grande sucesso, grande velocidade e desempenho, com a praticidade de poder ser entregue desmontado (por caminhão) e montado depois, com possibilidade de vir com ou sem cabine central, com apaixonados fiéis até hoje.
      Em 1988 a Maramar inova outra vez e lança uma linha de Barcos para Turismo e Transporte de passageiros, a Linha Prática (Lancha de 80 pés p/ 120-150 pessoas e 4 tripulantes, em fibra de vidro e espuma de divinicell, com anteparas estanques, 2 banheiros, frigorífico, salão de estar, com calado de 80 cm)

       Em 1989 as primeiras unidades da Linah Prática já começam a ser entregues.



       Em 1992 lança a Linha Pesca com os modelos Atins 28 (tripulação de 4 pessoas, calado de 85cm, comprimento de 8,6m) e Atins 36 (tripulação de 6 pessoas, calado de 1 m, comprimento 10,8m), com grande sucesso, realizando a atualização da frota de pesca do Maranhão (121 barcos no total, em 32 meses, 1 barco por semana sendo entregue).

       Em 2003, um Praia 28 (o "Capitães de Areia"), comandado pelo velejador francês Michel Martin, retorna de sua volta ao mundo em solitário, e o feito ganha reportagem de seis páginas na revista francesa de elevado conceito internacional no mundo da vela, chamada Voiles, edição nº 388.

       Em 2005, com a experiência de mais de 20 anos em construção naval e domínio na tecnologia em fibra de vidro, a Maramar decide melhorar seu setor de multicascos e inicia projeto e testes do seu terceiro modelo de catamaran, o Praia 30 (sucesso até hoje, há 8 anos).
       Em 2007, é lançado o Praia 30 no Rio Boat Show, surpreende visitantes, velejadores e formadores de opinião, sendo destaque nas revistas náuticas nacionais, recebendo muitos elogios pelo baixo peso e elevada área vélica, por ser muito marinheiro (costado o dobro mais alto que o Praia 28, suportando bem os fortes ventos e ondas do Maranhão). Já sendo grande sucesso no lançamento, com excelente velocidade e desempenho nas regatas, sendo destaque em Ilhabella (vencedor de 4 regatas na Classe Multicasco B) e uma Fita Azul na Rolex Ilhabela Sailing Week.
       Criadas também lanchas pequenas de passeio e pesca, a Linha Maramar, com 3 modelos: 
-Maramar 20 (capacidade de 7 passageiros e 1 piloto, comprimento 6,15m, boca 1,85m, de fibra, peso 200kg)


-Maramar 25 (capacidade de 14 passageiros e 1 piloto, comprimento 7,95m, boca 1,85m, de fibra, peso 300kg)


        Maramar 25 - versão turismo
     
       Maramar 25 - versão Pesca

        Maramar 25 - versão Pesca

 Maramar 25 - versão Turismo


-Maramar 30 (capacidade de 26 passageiros e 1 piloto, comprimento 10,35m, boca 2,65m, de fibra, peso 750kg)

       Melhoras contínuas geraram novo e mais layout da cabine central do Praia 30, com Bimini (teto) integrado, conservadno grande aerodinâmica, luminosidade, ventilação (onde ficam sala de refeição, fogão com forno, mesa, painel elétrico, sofás).
        Vista interna da cabine central, com painel elétrico à esquerda, fogão à direita (foto tirada com perspectiva da popa). Repare o primor no acabamento, luz interna, etc.
        Cabine central desta vez com vista para Proa, com armários à frente, num brinde entre amigos.
Cabine central, agora com mesa rebaixada, tornando-se grande cama de casal.
        Casco (flutuador) lateral (de boreste) com vista para popa, escada, entrada e cama de solteiro (novamente repare o excelente acabamento, as prateleiras, o grande número de janelas, etc). O banheiro hidráulico, com pia e chuveiro para tomar banho em pé (pé direito de >1,80) não apareceu nessa foto porque está no meio, voltado p/ proa no casco de Boreste.
        Casco de Bombordo, vista para Proa, com prateleiras, escada, quarto de proa com cama solteiro.
        Praia 30 em regata, Genoa no gurupés, mestra.

     Ainda em 2007, com mais melhorias no Praia 30 (melhores acabamento, armários, aumento do pé direito da cabine central e do banheiro (no casco de boreste), chuveirinho na popa, etc) e melhorias no Praia 28, surpreendem e são sensação na São Paulo Boat Show. Comprovando a regra de ouro da construção de barcos, elogiada por Amyr Klink, o mais simples possível. Conceito bem exemplificado  com o fato dos Praia 28 e Praia 30 que foram para esse evento terem sido transportados de caminhão, desmontados, e foram montados no evento.
       Atualmente um grande estaleiro (um dos poucos a entregar barcos completos, com motor, equipamentos eletrônicos, velas, prontos para uso), com ampla versatilidade e experiência de construção naval em fibra. Localizado numa enorme área industrial (sem problema com Ibama ou justiça, fora de área ribeirinha, com Alvará todo ok), com 2 enormes angares (cada um que cabe um jumbo) dedicados à fabricação de embarcações em fibra/divinicell, à vela e à motor, de alto desempenho, para esporte/lazer, pesca, transporte de passageiros e turismo. Possui área de manutenção para suas embarcações, tendo destaque o fato do estaleiro fazer recompra (ao você ter interesse em passar para um modelo maior). Tem também um grande prédio administrativo, onde ficam gerência (Valéria e Jayme), engenharia náutica (Rui), escritório de atendimento ao cliente, loja de equipamentos, etc. A Maramar é um estaleiro de família tradicional na política maranhense, a qual seus filhos se dedicam a manter vivo o sonho do patriarca da família (criador do estaleiro), de fazer catamarans belos, simples, confortáveis, rápidos, para levar felicidade e prazer para famílias, por todas as praias de todo Brasil e do mundo. Com esse enfoque, não no lucro, mantém o legado da família, como se o pai ainda estivesse vivo entre eles. Com mais de 28 anos de tradição e experiência, com centenas de barcos construídos, atualmente na água, trabalhando muito na pesca e transporte. Em especial os catamarans Praia 28 e Praia 30, inafundáveis, muito seguros, obtendo grandes resultados em regatas (como o Praia 30, um veleiro de cruzeiro, com âncora, geladeira, banheiro, camas, o Shekinah, ainda assim, chegando em 6º lugar na Regata Recife-Fernando de Noronha, a Refeno, chegando na frente de diversos barcos regateiros bem maiores), com barcos tendo dado volta ao mundo, viagens para Caribe ida e volta, cruzeiros pelo Brasil inteiro (do Maranhão até Santa Catarina, inclusive), com dezenas de donos felizes e só elogios.
       Exemplo de alguns Praia 28 e Praia 30 construídos e em atividade com excelentes resultados até hoje: Savage, Ioio-Iaiá, Mais Tempo, Estakanágua, Magic Cat, Tainá, Neo, Guará, Salina, Suro, Argus, Mente Sã, Teimosia, Gasparzinho, Fanautico, Phisalia, Sem Juizo, etc. E ainda vários na fila de construção (atualmente 4 sendo construídos).
       Um estaleiro que não pára de inovar, com novos e atualizados projetos como o Praia 38 (com já 8 compradores na fila) e o Praia 47 (1 entregue e outros 4 sendo construídos. Excelente barco para se viver ou fazer charter, com 4 quartos de casal sendo 4 suítes, gigantesca cabine central que integra cozinha, sala, mesa de navegação). Com um grande respeito pela tradição artesanal de mão de obra especializada, barcos todo de fibra (com gel, poliéster, divinicell, inclusive os móveis), com detalhes de acabamento em madeira (cedro). Acabamento que valoriza o primor nos detalhes e o trabalho próximo da arte, mas sem deixar o profissionalismo empresarial do uso de métodos industriais e alta tecnologia. Todos os materiais usados são de primeira qualidade, entre eles, o mastro, ferragens da Nautos, e estaiamento que não enferruja. Sempre focando no conforto, elegância, alto desempenho com baixo peso (um Praia 30 pesa só 1.500 kg) e simplicidade de navegação (feitos para serem navegados só por uma pessoa. Ex: buja e genoa auto-cambante).
       Para maiores informações, procurar:
Distrito Industrial do Maracanã, Rua 18, quadra H, nº 2, São Luis, Maranhão
Telefones: (98) - 3241-1573 e 3241-1686

Procurar Valéria e Jayme (não vou fornecer os celulares ou e-mail aqui de Valéria ou Jayme. Mas se quiser mais informações, eu, Alex, estou disponível para ajudar ->  alexbrito28@gmail.com

ver também:
       www.maramarnautica.com
       facebook = maramar nautica

Nenhum comentário:

Postar um comentário